Categoria: Notícia

SELEÇÃO SUB-14 PREPARA OPERAÇÃO “LOPES DA SILVA”

A uma semana de se estrear no torneio, que terá lugar em Leiria e Santarém entre 23 e 30 de junho, os 18 eleitos do selecionador João Paulo Fialho realizaram o penúltimo treino no Campo do Sport Lisboa e Évora.
Boa disposição, foco, responsabilidade e muito empenho foram as palavras de ordem dos nossos atletas em mais uma sessão de trabalho que voltou a contar com a presença do Presidente da AFE, António Pereira.
Na quarta-feira, 19 de junho, terá lugar no mesmo palco a última sessão de treino antes da partida para Fátima (23 de junho), onde a nossa seleção ficará sediada.
Évora começa a sua participação no dia 24 de Junho, no Campo Municipal da Batalha, diante da Associação de Futebol de Beja.
A AFE vai apresentar na noite de quarta-feira, 19 de junho, um filme com os jogadores que vão representar Évora no prestigiado Torneio e vai acompanhar, aqui, todos os jogos da nossa seleção, com informações e reportagem.
Vais perder?

ÉVORA FORMA CAMPEÃS

Beatriz Cameirão, nascida em Reguengos de Monsaraz, formada no Atlético, tendo representado as seleções distritais de Évora, sagrou-se este fim de semana Campeã Nacional de Juniores pelo Sport Lisboa e Benfica e levantou a taça do título como capitã da sua equipa. A Beatriz Cameirão foi também a capitã da Seleção Nacional Sub-17 e atualmente representa a Seleção Nacional Sub-19.
É um dos bons exemplos de como o Futebol Feminino em Évora tem crescido e evoluído nos últimos anos.
Inês Gonçalves é outra das atletas formadas no Atlético, que passou pelas seleções distritais de Évora, a dar cartas no Futebol Feminino nacional. É jogadora do Sporting Clube de Portugal e representa as equipas de juniores e seniores B, sendo a única jogadora a marcar na última época à equipa do Benfica, Campeã Nacional da 2ª Divisão.
A Maria Garcia Ferreira é também jogadora do Sporting Clube de Portugal e da Seleção Nacional Sub-15, natural das Cortiçadas de Lavre, onde iniciou a prática do futebol, tendo também representado a AFE.
Cláudia Tecedeiro, formada no Almansor (Montemor-o-Novo) e nas seleções distritais, joga atualmente na 1ª Divisão de Portugal ao serviço da equipa A-Dos-Francos, das Caldas da Rainha.
Uma vez mais, Évora contou esta época com a participação do Grupo Desportivo e Cultural do Bairro de Santo António no Campeonato Nacional da 2ª Divisão.
Também no Futsal Évora conta com jogadoras internacionais e a jogarem em grande clubes, como por exemplo a Ana Grenha (Sporting) e a Inês Marques (Internacional de Évora) (internacionais universitárias – medalhas de bronze no Mundial do Brasil), a Ana Pinto (Internacional de Évora), a Ana Mendonça (Benfica) e a Maria Liliu (Quinta dos Lombos).
O Futebol e o Futsal Feminino do Distrito de Évora é cada vez mais uma realidade que ganha o seu espaço, que veio para ficar e que de ano para ano tem vindo a crescer.
É uma das grande apostas da Federação Portuguesa de Futebol e os resultados estão à vista nas várias seleções nacionais.
Um trabalho que começa nos clubes e nas associações distritais e regionais, onde a aposta é, igualmente, muito forte.
Em Évora, 2019 é, definitivamente, o ano da afirmação das meninas dentro das quatro linhas.
Voltámos a crescer no número de atletas inscritas e a praticar.
A Federação Portuguesa de Futebol atribuiu a Évora, pela primeira vez, a organização Fase Final do Torneio Interassociações Sub-17 com a presença de 400 jogadoras de todo o País.
O Centro de Treinos Feminino FIFA/FPF/AFE Acedemy funcionou durante toda a época, ultrapassando o limite máximo de jogadoras previstas.
Durante toda a época tivemos em atividade as seleções de Sub-12, Sub-14 e Sub-17, com particular destaque para a estreia da nossa seleção Sub-12.
Esta época contámos com a chamada de duas atletas aos trabalhos da Seleção Nacional Sub-15, a Matilde Mourato (Terena) e a Raquel Mendes (Juventude), sendo que a Raquel já é Internacional por Portugal.
A Associação de Futebol de Évora adquiriu um campo de futebol insuflável para promoção do futebol e futsal feminino e captação de novas praticantes nos espaços públicos e nas escolas do distrito, através de parcerias com os municípios.
A época terminou com a realização de dois torneios organizados por dois dos nossos associados, o Lusitano Ginásio Clube e o “O Calipolense”.
António Pereira, Presidente da Associação de Futebol de Évora, já definiu mais um objetivo para alcançar a curto prazo: “esta é uma aposta para continuar, queremos crescer ainda mais e em dois anos queremos que 10% das inscrições na AFE sejam de praticantes de Futebol e Futsal Feminino”, referiu.
O Futebol e o Futsal também se joga no Feminino.
Vem jogar!

LUSITANO GC SAD VENCEU TAÇA DOS CAMPEÕES

Uma semana depois de perder a final da Taça Dinis Vital frente ao Juventude SC por 3-4, o Lusitano GC SAD conquistou agora a Taça dos Campeões por 3-1, num jogo disputado no Campo Virgílio Durão, em Reguengos de Monsaraz, cidade que vai receber a 13ª Gala do Futebol Distrital Eborense no próximo dia 1 de Junho. Ao intervalo os lusitanistas venciam já por 2-0, com golos de Pipo e Miguel Rosado (g.p.).
Na segunda parte Pipo voltou a marcar e aumentou a vantagem para 3-0, enquanto que Catalão restabeleceu o resultado final ao marcar o golo juventudista.
Esta taça foi patrocinada pela Rhythomfoot – Nike que ofereceu um conjunto de equipamentos à equipa vencedora.

JUVENTUDE SC VENCEU TAÇA DINIS VITAL

Numa grande festa do Futebol o Campo Estrela recebeu mais um jogo histórico na sua já longa história de vida.
Pela primeira vez Juventude e Lusitano encontraram-se na Final da Taça Dinis Vital, precisamente um dos ídolos dos dois clubes e que este Campo Estrela tantas vezes viu brilhar entre os postes.
Campo com uma moldura humana como há muito não se via, festa, apoio incondicional dos adeptos às suas equipas, fair-play, respeito dentro e fora do campo, sete golos, prolongamento e emoção até ao último apito do árbitro da partida.
O Juventude Sport Clube venceu por 4-3 e conquistou a prova pela primeira vez. No final dos 90 minutos o jogo registava um empate a três golos, com Nhuka, Perez e Levy a marcarem para os juventudistas, enquanto Charrua, Grilo e Bragança foram os autores dos tentos lusitanistas. Logo a abrir o prolongamento Nhuka bisou e marcou o quarto golo azul e branco.
Parabéns aos dirigentes, treinadores, jogadores e adeptos dos dois clubes pelo exemplo de como se prepara e deve viver uma final, um derby, um jogo de futebol.
“O Futebol saiu a ganhar”, referiu António Pereira, Presidente da Associação de Futebol de Évora.

FINAL DA TAÇA DINIS VITAL BATE RECORDE DE AUDIÊNCIAS NA AFE TV

Mais de 7.000 pessoas seguiram no facebook da Associação de Futebol de Évora o jogo entre o Juventude e o Lusitano.
Mais de 450 televisores, da operadora MEO (Canal 165888), estiveram sintonizados na AFE TV durante a transmissão do derby e mais de 1.500 pessoas assistiram através do site da AFE TV (afevoratv.com) e 120 pelo youtube.
A AFE TV esteve quatro horas em direto, onde acompanhou o antes, o durante e o depois da Final da Taça Dinis Vital.
O acompanhamento desta final inédita envolveu três Câmaras, uma câmara remota (multi-câmaras), um drone e oito pessoas.
Uma emissão que voltou a aproximar os nossos emigrantes das suas terras, das suas gentes, dos seus clubes e das suas raízes, conforme os testemunhos que nos foram chegando via facebook de vários pontos do planeta e que tivemos a oportunidade de partilhar com todos os telespetadores ao longo da emissão.
Juntos pelo desenvolvimento e promoção do Futebol e do Futsal no distrito.
OBRIGADO!

AF BRAGA VENCEU INTERASSOCIAÇÕES SUB-17 FEMININO

Grande final entre duas das boas equipas do Torneio onde o equilíbrio foi a nota dominante.
Braga e Lisboa proporcionaram um jogo tática e tecnicamente muito rico com boas executantes e muito talento à solta no Campo do S.L. Évora.
Como nenhuma equipa merecia perder no tempo regulamentar o melhor prémio foi a final ser decidida nos pontapés da marca de grande penalidade. Chegados aqui a história do jogo acabou e para contar fica a qualidade evidenciada por estas meninas que são o garante do futuro do Futebol Feminino em Portugal.
Nos pontapés decisivos as jogadoras da AF Braga foram mais certeiras e levantaram o troféu.
Parabéns a Braga e a Lisboa pelo excelente jogo proporcionado e pela exemplar correção demonstrada por todas as intervenientes, pese embora a carga emocional inerente a uma final e à presença do muito público que presenciou a partida.
Obrigado pela grande jornada de promoção ao Futebol Feminino que proporcionaram.